crise

Coronavírus: como superar os impactos na logística em um período de crise

Postado em 2 de abril de 2020.

Se em situações comuns a logística de transportes já sofre desafios, em tempos de crise como o que vivenciamos agora, os impactos são ainda maiores.

Com seu rápido avanço, a pandemia do coronavírus está aumentando os desafios da logística brasileira, desde a intensificação da busca por produtos em mercados e farmácias até a alta na demanda do e-commerce.

O cenário atual demonstra uma crise que pode afetar diversas esferas empresariais, mas que pode ser superada com a identificação e aproveitamento de oportunidades.

Abaixo, listamos as principais práticas para superar os impactos da crise com uma adaptação na logística empresarial! Confira:

1 – Readequar o planejamento das operações

Com diversas medidas sendo tomadas pelos governantes, os desafios só tendem a aumentar e o desabastecimento pode tornar-se uma realidade.

Em momentos de crise, as pessoas tendem a estocar recursos, o que aumenta a procura por mantimentos e, consequentemente, exige maior atuação do transporte de cargas.

No entanto, a propagação do novo coronavírus no país coloca em riscos os profissionais da logística. Assim, sua empresa precisa estar preparada para reduzir ou aumentar a equipe, mas, ao mesmo tempo, oferecer materiais de higiene e equipamentos de segurança que mantenha os colaboradores seguros durante todos os processos.

2 – Apoiar sua equipe e organizar os turnos

Independente do aumento ou redução do número de colaboradores, uma boa estratégia é a adoção de turnos para as operações, reduzindo o contato entre eles.

Isso vale para todos os departamentos, desde vendas até o transporte. Se você tiver frota própria, lembre-se de cuidar da higienização dos caminhões adequadamente.

3 – Terceirizar os processos

Pode acontecer de você precisar aumentar o volume de entregar e terceirizar o serviço de transporte. Essa é uma solução econômica para a redução de gastos no período da crise.

Nesse caso, é fundamental manter a boa comunicação com a transportadora para acompanhar o andamento das entregas e abastecimentos.

4 – Aproximar o contato com os clientes

Em um momento de crise onde todos precisamos manter uma certa distância, a união é fundamental.

Sim, estar próximo dos clientes e demonstrar transparência agora é indispensável, principalmente para acalmá-los e demonstrar que podem contar com você.

Estabeleça um canal de comunicação eficiente e prático para avisar os consumidores sobre as novidades, adequações e alterações nos prazos e processos existentes.

5 – Flexibilizar as negociações

O ideal atualmente é que as pessoas fiquem em casa, o que significa que as atividades econômicas serão reduzidas e que sua empresa precisa tomar medidas para não sofrer com tal situação.

Portanto, esse é um momento para ser maleável. Negocie preços e prazos com fornecedores e clientes, estabeleça prioridades de pagamentos e controle seu fluxo de caixa para manter as negociações firmes.

6 – Investir em novos serviços

Como falamos nos tópicos anteriores, o aumento da demanda e procura por produtos alimentícios e de saúde é um fato irreversível. Por isso, a sua empresa precisa se preparar.

Se você tem uma loja física, opte pelo delivery para assegurar que não tenha um volume excessivo de consumidores indo até o local. Com isso, você controla o seu estoque e evita aglomerações.

Outra opção que deve ser cogitada é a integração do sistema de e-commerce, facilitando ao cliente a aquisição dos seus produtos sem sair de casa.

O período atual só reforça o quanto a logística é indispensável no dia a dia das operações de trabalho e das necessidades pessoais.

Usufrua desse momento para reavaliar processos com foco no aperfeiçoamento da logística e a redução de custos. Aproveite para ler nosso conteúdo sobre otimização da logística empresarial clicando aqui.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instagram

© 2022 Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Visuality