sinais visuais

Comunicação nas estradas: entenda os sinais visuais utilizados por motoristas e caminhoneiros

Postado em 17 de setembro de 2020.

Se você observar atentamente as estradas, vai perceber que existem diversos sinais visuais utilizados na comunicação entre caminhoneiros e demais motoristas. Os sinais mais comuns são emitidos aos piscar os faróis, buzinar ou até gesticular com os braços.

Por mais simples que pareçam, essas ações ajudam a construir uma linguagem na estada, garantindo a segurança no trânsito. Por isso, saber o que elas significam é muito importante para uma viagem segura.

Quer entender o significado dos principais sinais usados por caminhoneiros nas estradas? Então siga a leitura que nós vamos te explicar.

Faróis piscando

Ação utilizada para informar aos motoristas que trafegam no sentido contrário que eles precisam ter cuidado estrada a frente. Geralmente, isso significa que pode ter acontecido algum acidente que levou o tráfego a ficar lento ou parado.

Portanto, ao ver um veículo vindo do sentido oposto emitindo este sinal, reduza a velocidade e se prepare para possíveis imprevistos.

Veículo de trás piscando os faróis com insistência

É um sinal para avisar o motorista que segue na frente que ele deve ficar alerta. Geralmente serve para indicar que seu veículo está com algum problema.

Ao perceber o sinal, o recomendado é que você reduza a velocidade para, então, identificar o que pode estar errado no veículo.

Piscar os faróis e buzinar com insistência

Esse sinal emitido pelo veículo de trás pode ser um aviso para que o carro da frente facilite a passagem.

Essa prática é utilizada em casos de emergência, como problemas mecânicos no veículo ou então um passageiro ferido ou doente. No entanto, mesmo se for apenas um motorista com pressa, tenha prudência e apenas deixe-o seguir em frente.

Seta esquerda ligada

Ao ver o veículo que está na sua frente ligando a seta esquerda, fique atento! Esse sinal indica que você não deve fazer uma ultrapassagem naquele momento.

Nesse caso, é bem provável que o motorista tenha a intenção de ultrapassar outro carro ou que há um veículo se aproximando pelo sentido contrário. Portanto, nunca ultrapasse quando visualizar tal sinal!

Seta direita ligada

Agora, quando o veículo a sua frente ligar a seta direita, significa que não há nenhum veículo vindo da direção oposta. Ou seja, você pode fazer uma ultrapassagem segura, mas antes deve se certificar de que a estrada está livre.

Motorista movimentando o braço como um pêndulo

Quando avistar um motorista movimentando o próprio braço como um pêndulo, com a mão esticada para fora da janela, desacelere imediatamente.

Esse sinal indica que a pista está fechada, seja por motivo de acidente, barreira ou desmoronamento. Para facilitar a comunicação, ele também pode piscar os faróis e luzes de maneira contínua.

Sinal de dois ou quatro dedos virados para baixo

Se o motorista próximo a você apontar dois dedos virados para baixo, significa que há pedestres atravessando a pista. Se esse sinal for com quatro dedos virados para baixo, quer dizer que há animais na pista.

Fechar todos os dedos, do mindinho até o polegar

Quando o motorista fecha todos os dedos, começando pelo mindinho e indo até o polegar, indica o risco de roubo. É muito importante conhecer esse sinal para ficar alerta em locais onde há chances de roubos de veículos ou cargas.

Dedo indicador apontado para baixo

Sinal utilizado para demonstrar que há buracos, galhos de árvore ou qualquer outro objeto na pista. Como eles podem atrapalhar o trânsito, você deve reduzir a velocidade e desviar com atenção.

Duas buzinadas rápidas

Dois toques rápidos e curtos na buzina são um sinal de agradecimento. Pode ser utilizado quando o motorista da frente permite ou facilita a ultrapassagem, para agradecê-lo. Entretanto, se você foi quem facilitou a ultrapassagem, pode usar como forma de dizer “de nada”.

Esse sinal também é utilizado nas vias urbanas como um cumprimento entre motoristas, ou um “olá” sonoro. É a forma mais simples de propagar a gentileza no trânsito.

Se você não conhecia nenhuma dessas linguagens, comece a observar os sinais nas próximas vezes em que viajar. Certamente isso te ajudará a ter mais atenção e cuidado no trânsito.

Lembre-se de seguir também as sinalizações e placas nas rodovias. Elas indicam o limite de velocidade, os locais de retorno e de ultrapassagem e são fundamentais para reduzir o risco de acidentes.

 

Gostou do conteúdo? Então você também pode se interessar pelo nosso blog com 6 recomendações de segurança no trânsito para motoristas profissionais.

Não deixe de compartilhar essas dicas com sua rede de amigos!

 Fonte: Gestran

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

© 2021 Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Visuality